Atentados com bombas fazem 63 mortos no Iraque

Atentados a bombas e tiroteios no Iraque mataram pelo menos 63 pessoas, a maioria soldados. A informação é da polícia iraquiana. Uma bomba foi colocada na estrada entre Tikrit e Baiji, no norte do país e um ônibus foi atingido, matando 24 pessoas, segundo o porta-voz do Ministério da Defesa, Mohammed al-Askari. Destas mortes, o porta-voz não soube informar quantos eram soldados.Horas depois, no distrito de Karrada, no centro da capital, um carro bomba explodiu matnado pelo menos 14 pessoas e deixando 37 feridas, segundo o Coronel Abbas Mohammed Salman.Soldados americanos e membros das Forças de Segurança iraquianas isolaram a área do ataque e ajudaram a levar os feridos a vários hospitais. Outro carro bomba que tinha como alvo uma patrulha policial, matou um soldado e seis civis em Muqdadiyah, ao norte do Iraque.Outras onze pessoas morreram em atos de violência sectária pelo país entre os sunitas e xiitas. Este texto foi atualizado às 11h48.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.