Atentados deixam 17 mortos no Iraque

Pelo menos 17 pessoas morreram e quase cem ficaram feridas em dois ataques perpetrados no fim da tarde deste domingo no sul do Iraque, informaram autoridades locais. Os atentados ocorreram com poucos minutos de diferença ao pôr-do-sol, que marca o fim do jejum durante o mês sagrado do Ramadã.

AE, Agência Estado

22 de julho de 2012 | 16h25

Em Mahmoudiya, um reduto sunita situado 30 quilômetros ao sul de Bagdá, dez pessoas morreram e 36 ficaram feridas quando dois carros-bomba explodiram em um estacionamento. Dez minutos depois, a cerca de 20 quilômetros do local do primeiro ataque, seis pessoas morreram e 15 ficaram feridas em duas explosões ocorridas em um mercado em Madain.

Também no fim da tarde deste domingo, atentados perpetrados nas cidades de Ramadi, Mossul e Najaf provocaram a morte de mais uma pessoa e feriram dezenas, segundo as autoridades iraquianas sob a costumeira condição de anonimato. As informações são da Associated Press e da Dow Jones.

Mais conteúdo sobre:
Iraqueramadãataque

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.