Atentados deixam 4 policiais mortos no Paquistão

Um veículo da polícia e um posto de verificação foram alvos de ataques com bombas hoje no noroeste do Paquistão. Quatro policiais morreram e nove ficaram feridos. Três agentes ficaram feridos no primeiro ataque, quando uma bomba acionada por controle remoto destruiu um veículo que levava policiais e forças paramilitares no distrito de Bannu, na província de Khyber Pukhtunkhwa, disse o policial Rafique Khan. Cinco policiais ficaram feridos nesse atentado, informou Khan, que responsabilizou militantes islâmicos pelo ataque, mas não apresentou evidências.

AE, Agência Estado

13 de janeiro de 2011 | 12h33

Também hoje, uma bomba explodiu num posto de verificação coordenado por policiais tribais em Bara, cidade perto da província de Peshawar, noroeste do país, matando um oficial e ferindo outros quatro, disse o policial Iqbal Khan. Militantes islamitas com bases no noroeste paquistanês têm realizado vários ataques contra forças policiais e do Exército nos últimos três anos. Eles querem derrubar o governo, que é aliado dos Estados Unidos, e substituí-lo por um emirado islâmico pró-Taleban. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Paquistãoatentadopoliciaismortes

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.