Atentados deixam pelo menos 11 mortos em Bagdá

Pelo menos 11 pessoas morreram e dezenas ficaram feridas em uma série de explosões ocorrida hoje em Bagdá, informaram autoridades locais. No pior incidente do dia, a explosão de um carro-bomba dentro de uma estação rodoviária em Bayaa, um bairro na região oeste da capital iraquiana, deixou sete pessoas mortas e 37 feridas, informou a polícia de Bagdá.A maior parte dos mortos era composta de fiéis xiitas que aguardavam para embarcar em ônibus com destino à cidade sagrada de Kerbala, 80 quilômetros ao sul da capital iraquiana.A explosão incendiou diversos veículos e espalhou destroços por uma ampla área. Um oficial da polícia bagdali e um funcionário do Hospital Yarmouk disseram que a explosão deixou sete mortos e 37 feridos. Ambos conversaram com jornalistas sob a condição de anonimato.Horas antes, a explosão de outro carro-bomba perto de um micro-ônibus repleto de peregrinos xiitas deixou dois mortos e 12 feridos. No momento da explosão, o veículo passava por um bairro predominantemente sunita da zona leste de Bagdá. Em Mossul, no norte iraquiano, a explosão de um carro-bomba no momento da passagem de uma patrulha militar matou um soldado iraquiano e feriu outro, informou o comando militar americano em Bagdá. Também em Mossul, outro carro-bomba explodiu perto de uma patrulha policial, provocando a morte de um agente de segurança.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.