Atentados deixam um morto e 19 feridos na Tailândia

Uma pessoa morreu e outras 19, entre elas cinco soldados, foram feridas nesta Sexta-feira em três diferentes ataques com bomba na província de Narathiwat, na região muçulmana do sul da Tailândia. Violência causou cerca de 1.700 mortes desde 2004 neste país do sudeste asiático. O jornal The Nation informou que a primeira explosão aconteceu no início da manhã (horário local), quando um grupo de cinco soldados patrulhava o distrito de Sungai Padi. Um deles morreu e os outros quatro foram feridos. Uma hora depois, supostos insurgentes muçulmanos detonaram mais duas bombas incendiárias num intervalo de 10 minutos. A primeira explodiu debaixo de uma cadeira, num movimentado café no distrito de Muang. A segunda foi detonada por telefone celular e feriu várias pessoas. A violência nas províncias muçulmanas de Pattani, Yala e Narathiwat, que formavam o antigo sultanato de Pattani, ressurgiu em janeiro de 2004.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.