Atentados e acidentes chocam Manila

Cinco mulheres ficaram feridas nas explosões de duas bombas artesanais, deflagradas esta segunda-feira em uma galeria comercial no balneário de Balguío, no norte das Filipinas. Vários homens foram vistos arremessando os explosivos ao centro comercial na tarde de domingo. A polícia informou que nenhuma das vítimas se encontra em perigo de vida, e que os artefatos explosivos teriam sido fabricados com pólvora e bolas metálicas colocadas dentro de garrafas. Acidentes - Dois acidentes automobilísticos causaram a morte de cerca de 25 pessoas na capital filipina, também nesta segunda-feira. No primeiro deles, em Paranaque Town, cidade próxima ao aeroporto de Manila, pelo menos 15 pessoas pereceram quando um caminhão-tanque que carregava 20 mil litros de óleo diesel bateu na calçada e pegou fogo. O caminhão pertencia à distribuidora de combustíveis Pilipinas Shell, e ainda não se sabe o que fez com que perdesse o controle. O motorista deixou o local do acidente e ainda não foi localizado até o momento. Na cidade de Bocaue, outro município vizinho a Manila, um trailer perdeu o controle em uma auto-estrada e colidiu com um ônibus. A polícia acredita que o motorista do caminhão dormiu no volante. Dez passageiros do ônibus morreram na hora, e diversos outros ficaram feridos. Não se apurou o que aconteceu ao motorista do trailer.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.