Atentados em partidas de futebol deixam 14 mortos no Iraque

Duas bombas escondidas explodiram em um campo de futebol de Bagdá nesta quarta-feira, matando 11 jovens e ferindo 14. Um morteiro aterrissou enquanto outro jogo de futebol acontecia, matando três crianças, de acordo com a polícia. Os jogadores e espectadores mortos pelas bombas caseiras no distrito de Amil, oeste de Bagdá, tinham idades entre 15 e 25 anos, disse o oficial da polícia Maitham Abdul Razzaq.Cerca de uma hora antes, dois morteiros atingiram o bairro residencial Abu Dshir, um aterrissando em um campo de futebol e matando três pessoas menores de 15 anos, disse o capitão da polícia Firas Queti. O outro morteiro caiu em uma casa, ferindo um casal e seus filhos, disse. Também nesta quarta a polícia encontrou 11 corpos com ferimentos de bala, mostrando sinais de tortura em Suwayrah, 40 quilômetros a sul de Bagdá, disse o policial Fikrat Mohammed Hussein.Outras dez pessoas foram assassinadas ou encontradas mortas nesta quarta no Iraque.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.