Atentados fazem pelo menos 33 mortos no Iraque

Um ataque suicida matou ao menos 33 pessoas e feriu 108 nesta quinta-feira, na cidade de Najaf, 170 quilômetros ao sul de Bagdá, perto de uma mesquita xiita, afirmaram fontes oficiais. O homem detonou uma bomba que trazia junto ao corpo, enquanto era revistado por policias, próximo à mesquita Imã Ali.A cidade sofreu dois ataques nesta quinta-feira. Poucos minutos depois, outra bomba explodiu na região de Abassiya, afirmaram as fontes. As duas explosões feriram mais de 60 pessoas.As áreas atingidas ficam perto do mausoléu do Imã Ali, primo e genro do profeta Maomé, o mais venerado pelos muçulmanos xiitas. Uma terceira explosão, esta manhã (horário local), atingiu um carro que fazia parte de um comboio militar americano que trafegava na estrada que une a cidade de Kufa, também venerada pelos xiitas, a Hilla, acrescentaram as fontes, sem informar se houve vítimas. Najaf, destino de peregrinos xiitas de todo o mundo, especialmente iranianos, apresenta certa estabilidade em comparação com outras regiões do Iraque, como Bagdá, onde são freqüentes os atentados e episódios de violência sectária. Esta matéria foi atualizada às 10h20

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.