Atentados matam 32 pessoas durante Ramadã

Quatro explosões consecutivas mataram hoje 32 pessoas nos arredores de Bagdá. Os ataques, realizados durante o festival religioso Eid al Fitr, que marca o fim do Ramadã (mês sagrado dos muçulmanos), ocorreram quase simultaneamente, em ruas e estacionamentos lotados. Dois carros e um suicida foram usados nos atentados, segundo a polícia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.