Atentados na Tailândia deixam dois mortos e 22 feridos

Duas pessoas morreram e 22 foram feridas nos dois ataques cometidos na noite de quarta-feira, 14, por separatistas islâmicos na região muçulmana do sul da Tailândia, informou nesta quinta-feira, 15, a polícia tailandesa.A polícia disse que 11 pessoas foram feridas na noite de quarta-feira quando supostos insurgentes lançaram uma bomba contra um grupo de muçulmanos que saía de uma mesquita do distrito de Yaha, na província de Yala.Pouco depois, duas pessoas foram assassinadas e 11 foram feridas em outro ataque a uma cafeteria do mesmo distrito, segundo o capitão Apirak Sangkhao.Os dois atentados aconteceram horas depois de nove civis budistas serem assassinados a tiros por rebeldes numa estrada da província.As forças de segurança na região mantêm o estado de alerta máximo, declarado por causa do aniversário da fundação do Barisan Revolusi Nasional (BRM), o principal grupo armado da região muçulmana.O BRN foi fundado em 1963, com o objetivo de lutar pela independência do antigo sultanato de Pattani, anexado há mais de um século pela Tailândia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.