Abdul Malik Watanyar/Reuters
Abdul Malik Watanyar/Reuters

Atentados no Afeganistão deixam ao menos nove mortos

Explosões ocorreram nas províncias de Helmand e Nangrahar; número de feridos já chega a 15

Reuters,

23 de fevereiro de 2010 | 04h48

Pelo menos nove civis morreram e 15 pessoas ficaram feridas depois de duas explosões ocorridas nesta terça-feira, 23, nas províncias do sul e do leste do Afeganistão.

 

Na província de Nangrahar, dois civis, sendo uma criança, morreram e um outro ficou ferido quando um veículo com explosivos foi detonado próximo a uma delegação que investigava um ataque suicida que matou 15 pessoas na segunda.

 

Em Helmand, uma bomba colocada em uma bicicleta foi detonada e deixou ao menos 7 mortos e outros 14 feridos, segundo informações de uma fonte oficial.

 

O chefe da Polícia de Helmand, Asadullah Sherzad, citado pela agência "AIP", informou que a bomba foi acionada perto de uma parada de ônibus. Sherzad também informou que na região da zona atacada está o quartel-general da Polícia de Trânsito, embora o edifício não tenha sido danificado.

VEJA TAMBÉM:
especial Especial: 30 anos de violência

 

Nos últimos dias, as tropas da Otan, apoiadas pelo Exército afegão, realizam uma grande ofensiva no distrito de Nad Ali, em Helmand, com o objetivo de tirar os talibãs de seus principais refúgios na zona.

 

O epicentro da operação, batizada como Moshtarak (juntos, na língua dari), é o núcleo urbano de Marjah, onde vivem cerca de 80 mil pessoas e que fica a cerca de 20 quilômetros de Lashkar Gah.

Tudo o que sabemos sobre:
Afeganistãoataquebomba

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.