Atentados no Iraque deixam pelo menos 41 mortos

Pelo menos 41 pessoas foram mortas e quase 150 ficaram feridas nesta segunda-feira numa série de ataques perto da cidade de Mosul, no norte do Iraque, e na capital, Bagdá.

AE-DOW JONES, Agencia Estado

10 de agosto de 2009 | 03h27

Dois caminhões com armadilhas explosivas foram detonados por volta de 4h (hora local, 23h de Brasília), no vilarejo de Khaznah, 20 km a leste de Mosul, deixando 25 mortos e 70 feridos. Trinta e cinco casas foram destruídas em Khaznah, que é o berço da pequena comunidade Shabak, uma seita de origem curda.

Em Bagdá, dois carros-bomba explodiram no momento em que trabalhadores diaristas procuravam trabalho. O primeiro carro-bomba explodiu em Hay al-Amel, no lado oeste da capital, matando nove pessoas e ferindo 46. O segundo estava em Shurta Arbaa, norte da cidade, e matou sete pessoas, além de ferir outras 35. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Iraqueatentados

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.