Atentados suicidas deixam seis mortos em mercado de Bagdá

Pelo menos seis pessoas morreram e 32 ficaram feridas neste sábado, 11, na explosão simultânea de dois carros-bomba conduzidos por suicidas em um mercado no centro de Bagdá. De acordo com policiais, as explosões ocorreram na praça de Hafez Al Qadi, que estava cheia de pessoas O número de vítimas pode aumentar devido à gravidade dos ferimentos sofridos por algumas pessoas. No leste de Bagdá, um civil morreu e cinco ficaram feridos em conseqüência da explosão de uma bomba que estava colocada debaixo de um veículo civil. Em Baquba, 65 quilômetros ao norte da capital, outro atentado com carro-bomba deixou três mortos, entre eles uma mulher, e cinco feridos, segundo fontes do escritório de coordenação conjunta americano-iraquiano. Segundo as primeiras informações, o carro-bomba era conduzido por um suicida e teve como alvo um posto de controle no norte da cidade. Os novos ataques ocorrem em meio à onda de violência que afeta o país apesar das tentativas do Governo do primeiro-ministro, Nouri al-Maliki, de recuperar a segurança.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.