Atentato mata ao menos três soldados na Turquia

Um atentado a bomba, em Istambul, na Turquia, em um ônibus que levava militares, matou pelo menos três soldados nesta terça-feira, afirmou o jornal Turkish. A explosão deu-se em uma estrada no subúrbio de Halkali, próximo a um complexo habitacional militar, afirmaram a CNN e outras emissoras locais. Suspeita-se que os autores tenham sido rebeldes curdos.

Agência Estado

22 de junho de 2010 | 03h17

O atentado ocorreu um dia após as forças militares turcas começarem a maior mobilização de tropas e de soldados de elite ao longo da fronteira com o Iraque, ao sudeste do país, numa extensão de 331 quilômetros. A ação intensificou o conflito entre as forças militares da Turquia e os militantes do Partido dos Trabalhadores Curdos, que até ontem já haviam assassinado 13 soldados turcos.

Tudo o que sabemos sobre:
MortesatentadoTurquia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.