Stringer / AFP
Stringer / AFP

Atentato suicida mata ao menos 19 pessoas em Camarões

Ação ocorre três dias após dois ataques de supostos membros do grupo islâmico Boko Haram

O Estado de S. Paulo

25 de julho de 2015 | 18h37

DOUALA - Pelo menos 19 pessoas morreram e 62 ficaram feridas após o ataque suicida de uma mulher-bomba em Maroua, cidade do norte de Camarões, neste sábado, 25. 

"Era uma mulher-bomba", disse a autoridade local, que estava na cena do bombardeio no distrito de Pont Vert.

Logo após a explosão, o Exército e serviços de emergência chegaram ao local do ataque à procura de sobreviventes. A rede de televisão estatal do país disse que a mulher-bomba era uma adolescente.

Testemunhas afirmaram que o número de mortos parecia maior que 30, já que o local estava cheio no momento da explosão. Ainda não há confirmação oficial dessa informação.

Na quarta-feira, duas mulheres-bomba mataram 13 pessoas e feriram outras 32. Até agora, nenhum grupo assumiu a autoria dos ataques, mas suspeita-se que eles tenham sido cometidos por membros do Boko Haram. /REUTERS

Tudo o que sabemos sobre:
atentato.Camarõesbomba

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.