Atirador de Los Angeles pode enfrentar pena de morte

Autoridades federais fizeram duas acusações contra o jovem de 23 anos que efetuou disparos, na sexta-feira, no Aeroporto Internacional de Los Angeles, entre elas uma acusação de assassinato que pode levá-lo à pena de morte.

AE, Agência Estado

03 de novembro de 2013 | 08h42

O suspeito, identificado como Paul Anthony Ciancia, foi acusado de matar um funcionário federal e cometer ato violento no aeroporto. A motivação para o crime não é conhecida, mas investigadores disseram que ele pretendia matar agentes da Administração de Segurança dos Transportes (TSA) dos EUA.

Ciancia foi feriado na troca de tiros com policiais e permanece hospitalizado. Ele matou um agente da TSA, Gerardo I. Hernandez, de 39 anos, e feriu outros dois agentes e um civil. Fonte: Dow Jones Newswires.

Mais conteúdo sobre:
EUALos Angelesaeroportoatirador

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.