Atirador de Toulouse morre após intenso tiroteio

Mohamed Merah, o suposto atirador que matou sete pessoas em três ataques na região francesa da Toulouse, foi encontrado morto nesta quinta-feira após um intenso tiroteio com a polícia, durante o qual ele se jogou da janela do apartamento onde estava.

AE, Agência Estado

22 Março 2012 | 08h43

"Ele foi encontrado morto, no chão", declarou o ministro do Interior francês Claude Gueant aos jornalistas, no local dos acontecimentos.

Merah morreu após 33 horas de cerco a um apartamento na cidade de Toulouse, onde ele havia se abrigado. Três policiais ficaram feridos durante a ação desta quinta-feira, disse o ministro.

Gueant informou que o suspeito havia advertido a polícia que não se renderia e que queria morrer em combate, o que levou à decisão da polícia de tentar detê-lo. Os policiais entraram no apartamento na manhã desta quinta-feira e verificavam cômodo por cômodo quando Merah repentinamente saiu do banheiro "disparando com extrema violência".

O ministro disse que Merah ainda estava atirando contra a polícia quando se jogou da janela. Ainda não está claro de Merah cometeu suicídio ou foi atingido por disparos da polícia. As informações são da Dow Jones.

Mais conteúdo sobre:
França Toulouse atirador morte

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.