Atirador do aeroporto de LA disse que agiu sozinho

O atirador de 23 anos, que efetuou disparos no Aeroporto Internacional de Los Angeles, disse para as autoridades que agiu sozinho e que foi deixado no local por um amigo.

LOS ANGELES, 03 (AE), Agência Estado

03 de novembro de 2013 | 17h53

Um oficial informou que o suspeito Paul Ciancia foi fortemente sedado e é vigiado por um guarda armado no hospital, depois que foi ferido na troca de tiros com policiais. O oficial preferiu não se identificar, já que não está autorizado a falar sobre o caso publicamente.

Um agente da Administração de Segurança dos Transportes (TSA) dos EUA morreu e outras cinco pessoas ficaram feridas, incluindo dois outros funcionários da TSA e o próprio atirador.

Autoridades acharam anotações na mochila de Ciancia sobre a morte de agentes da TSA e que mencionavam a facilidade para arrumar uma arma. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
atiradoraeroportolos angeles

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.