Atirador em faculdade nos EUA era veterano de guerra

O estudante que abriu fogo contra os colegas numa sala da Faculdade de Enfermagem da Universidade do Arizona, matando duas professoras e uma outra pessoa, antes de aparentemente cometer suicídio, foi identificado como Robert S. Flores, um veterano da Guerra do Golfo que, ao que tudo indica, estava indo mal nos estudos.O chefe de polícia Richard Miranda disse que tudo indica que Flores se matou depois de executar o ataque. A polícia não revelou a causa da morte da vítimas, ou se elas tinham alguma relação com o assassino. O esquadrão de bombas foi chamado depois que um pacote, ou mochila, foi encontrado debaixo do corpo do atirador. Em ocasiões anteriores, o suspeito havia ameaçado explodir o prédio. Um cão farejador de explosivos reagiu ao carro do assassino, deixado num estacionamento próximo. A faculdade e edifícios próximos foram esvaziados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.