Frederic J. Brown / AFP
Frederic J. Brown / AFP

Atirador mata cinco pessoas antes de cometer suicídio nos EUA

Suspeito disparou contra a esposa e outras duas pessoas em um estabelecimento comercial; em seguida, matou outras duas vítimas em uma residência nas proximidades

O Estado de S.Paulo

13 Setembro 2018 | 02h11

BAKERSFIELD, Estados Unidos - Um atirador matou cinco pessoas, incluindo a própria esposa, antes de cometer suicídio nesta quarta-feira, 12, na cidade de Bakersfield, a 145 quilômetros de Los Angeles, na Califórnia. Autoridades ainda investigam as causas do ataque.

"Obviamente, estes não foram disparos aleatórios", disse o xerife do condado de Kern, Donny Youngblood, que não soube explicar, por ora, a motivação do crime.

Segundo o policial, o suspeito entrou em uma loja acompanhado da esposa por volta das 17h30 (21h30, no horário de Brasília) para confrontar um homem que estava no local. Os dois discutiram e o suspeito disparou contra este homem e, em seguida, atirou na própria esposa. Ele também perseguiu e matou um segundo homem no estabelecimento. 

Após o ataque, o atirador seguiu para uma residência nas proximidades onde matou outras duas pessoas. Em seguida, ele roubou um carro de uma mulher que passava na rua e tentou fugir da cidade. O suspeito foi avistado pelo xerife e atirou contra o próprio peito quando foi obrigado a descer do veículo.

"Temos seis mortos, sendo o suspeito e cinco vítimas", disse o tenente Mark King. "Acreditamos que possivelmente se trata de um caso de violência doméstica."

A identidade do suspeito não foi revelada. Com exceção da esposa, não há informações sobre o relacionamento do atirador com as outras quatro vítimas.

De acordo com as autoridades, cerca de 30 testemunhas presenciaram os ataques e prestarão depoimento sobre o caso. //ASSOCIATED PRESS, AFP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.