Atirador norueguês diz que agiu em autodefesa

Anders Breivik entrou sorrindo em tribunal; julgamento decide se ele é insano.

BBC Brasil, BBC

16 de abril de 2012 | 11h33

O norueguês Anders Breivik, acusado de matar 77 pessoas em julho do ano passado, disse nesta segunda-feira, primeiro dia de seu julgamento na capital do país, Oslo, ter agido em autodefesa.

Ele admitiu os ataques mas negou responsabilidade criminal. Breivik disse não reconhecer a autoridade do tribunal por este ser ligado a partidos políticos que favorecem o multiculturalismo.

Ele entrou na corte sorrindo e fez uma saudação com os punhos fechados. Não mostrou emoção ao ouvir detalhes dos danos causados em suas vítimas, mas chorou ao ver seu próprio vídeo de propaganda ideológica.

O julgamento decidirá se ele é insano. BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Tudo o que sabemos sobre:
alsobreiviknoruegaatirador

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.