Atirador que matou 77 pessoas em Oslo e Utoya é alvo de sapatada em tribunal

O julgamento de Anders Behring Breivik (foto), autor confesso dos ataques na Noruega que mataram 77 pessoas em julho, foi momentaneamente interrompido ontem depois que um sapato foi atirado contra o réu. Em fúria por causa da morte de seu irmão, o jovem iraquiano Hayder Mustafa Qasim, de 20 anos, irrompeu em meio ao julgamento e, aos berros, lançou seu calçado contra Breivik.

O Estado de S.Paulo

12 Maio 2012 | 03h07

A sessão foi a portas fechadas e não há imagens do momento em que o incidente ocorreu. "Tirei meu sapato, me levantei, gritei 'assassino' e joguei", contou depois a jornalistas Qasim. Seu irmão de 19 anos, Karar, tinha fugido para a Noruega em busca de refúgio após a invasão do Iraque, em 2003.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.