Atiradores em motos matam 32 pessoas no nordeste da Nigéria

Homens armados montados em motos mataram pelo menos 32 pessoas na aldeia de Gurmushi, no nordeste da Nigéria, disse uma fonte da polícia nesta quinta-feira.

Reuters

29 Maio 2014 | 17h49

O ataque ocorreu na tarde de quarta-feira no Estado de Borno, na região da fronteira com Camarões, no coração de uma insurgência de militantes do Boko Haram que lutam por um Estado islâmico na Nigéria, um país religiosamente diversificado.

Ao saber do ataque, Abba Shuwa entrou em contato com a sua família que vive na aldeia, ele contou à Reuters por telefone. Os familiares disseram que muitos dos 32 mortos já foram enterrados.

(Reportagem de Lanre Ola)

Mais conteúdo sobre:
NIGERIA ATAQUE MORTOS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.