Atiradores matam prefeito e três policiais no Daguestão

O Ministério do Interior da província do Daguestão, no Cáucaso russo, informou hoje que o prefeito de um vilarejo e três policiais foram assassinados, em eventos separados, por atiradores.

AE-AP, Agência Estado

28 de setembro de 2010 | 16h06

Em um dos episódios, um atirador matou o prefeito do vilarejo de Kakamakhi, no escritório do administrador. O porta-voz da polícia do Daguestão, Magomed Tagirov, informou que em outro atentado três atiradores invadiram um café na cidade de Izberbash e abriram fogo contra policiais que estavam no local. Segundo ele, três policiais foram mortos e dois foram hospitalizados com ferimentos graves.

O Daguestão e outras províncias russas do Cáucaso têm sofrido uma série persistente de ataques deflagrados por militantes islamitas que se espalharam pela região após as duas guerras separatistas da Chechênia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.