Naseer Ahmed/Reuters
Naseer Ahmed/Reuters

Atiradores matam seis pessoas em ataques no Paquistão

Agressores abriram fogo contra um automóvel da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO)

AE, Agência Estado

29 de março de 2012 | 14h21

QUETTA - Atiradores mataram seis pessoas nesta quinta-feira, 29, no Paquistão, em dois ataques separados, um dos quais teve como alvo empregados de uma agência da Organização das Nações Unidas (ONU), disseram funcionários do governo paquistanês.

 

Os agressores abriram fogo contra um automóvel da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO, na sigla em inglês) e mataram duas pessoas, disse o policial Rustam Khan.

Os empregados da FAO viajavam para a província do Baluquistão. Um funcionário da Organização disse que um empregado da agência e o motorista foram mortos. Não houve reivindicação do ataque. Além de extremistas do Taleban, a província do Baluquistão tem um movimento armado separatista.

Mais cedo nesta quinta-feira, atiradores em motocicletas abriram fogo contra uma van de passageiros em Quetta, capital do Baluquistão, matando quatro muçulmanos xiitas, em um aparente ataque sectário, disse o policial Shaukat Khan.

 

O grupo extremista Jundullah, uma facção do Taleban paquistanês, assumiu a autoria do atentado. "Eles eram infieis xiitas", disse Ahmad Marwat, porta-voz da organização extremista Jundullah.

As informações são da Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.