''Atiraremos primeiro'', ameaça Ahmadinejad

O presidente do Irã, Mahmud Ahmadinejad, disse ontem, durante um desfile militar em Teerã que qualquer ameaça aos interesses legítimos do país terá resposta antes que o agressor puxe o gatilho. O Ocidente acusa Ahmadinejad de construir armas nucelares. O Irã nega, mas está sob três sanções do Conselho de Segurança da ONU sobre a questão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.