Ativista anticorrupção encerra greve de fome na Índia

O ativista indiano Anna Hazare concordou em encerrar uma greve de fome por leis mais rígidas contra a corrupção na Índia, segundo um comunicado divulgado neste sábado.

AE-AP, Agência Estado

27 de agosto de 2011 | 14h10

Hazare, de 74 anos, decidiu encerrar a greve, iniciada há 11 dias, depois de garantir concessões do governo indiano em seu projeto de lei contra a corrupção. O ativista tem a simpatia de milhões de indianos, principalmente da emergente classe média local, cansada da rotina de corrupção e dos escândalos que assolam o governo.

A greve será encerrada na manhã de domingo, segundo o porta-voz de Hazare, Vibhav Kumar. As informações são da Associated Press e Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Índiacorrupçãogreve

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.