Ativista cego chinês terá bolsa na Universidade de Nova York

O ativista cego chinês Chen Guangcheng estudará como bolsista na Escola de Direito da Universidade de Nova York, disse a instituição em comunicado neste sábado.

REUTERS

19 Maio 2012 | 14h58

"Estou muito feliz de receber a notícia de que Chen Guangcheng está a caminho dos Estados Unidos. Estou ansioso para recebê-lo com sua família esta noite e trabalhar com ele em seu curso", disse o co-diretor do Instituto de Direito EUA-Ásia da Escola de Direito da Universidade de Nova York, Jerome Cohen.

A China permitiu que Chen deixasse um hospital de Pequim no sábado a bordo de um avião com destino aos Estados Unidos, em um movimento que poderia sinalizar o fim de um impasse diplomático entre os dois países.

(Reportagem de Michelle Nichols)

Mais conteúdo sobre:
CHINA DISSIDENTE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.