Ativista da Frente Popular Palestina morre em explosão

Um ativista do braço armado da Frente Popular para a Libertação da Palestina (FPLP) morreu na noite deste sábado em uma explosão no campo de refugiados de Tulkarem, na Cisjordânia. Aparentemente, Khaled Diab, de 22 anos, iria usar a bomba para explodir tanques israelenses, mas o explosivo teve algum defeito e explodiu nas mãos do palestino. Fontes palestinas disseram que a explosão aconteceu na entrada do campo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.