Ativista de direitos humanos é morto na Colômbia

Pistoleiros não-identificados mataram um político colombiano conhecido por seu ativismo em defesa dos direitos humanos. Ele caminhava com a mulher pelo centro da cidade de Cucuta, no nordeste do país, informa a polícia. Tirso Velez, candidato a governador de Norte de Santander, passeava com a mulher quando homens em motocicletas e num caminhão o cercaram e começaram a atirar. Segundo a polícia, Velez morreu na hora e a mulher ficou seriamente ferida.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.