Ativista do Hamas é morto em tiroteio na Cisjordânia

Tropas israelenses na vila de Talouza, na Cisjordânia, mataram a tiros um ativista do Hamas, Einad Janajra, informa o Exército. Testemunhas afirmam que Janajra morreu numa troca de tiros com os soldados. Segundo os militares, o ativista estava armado com um rifle Kalashnikov. Israel descreve Janajra como um ?alto agente do Hamas?, mas palestinos afirmam que ele era apenas um membro local do grupo. Segundo os moradores de Talouza, Israel já havia tentado capturar Janajra antes, quando soldados mataram um professor universitário por engano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.