Ativista presa do grupo Pussy Riot é hospitalizada

O serviço prisional da Rússia informou nesta sexta-feira que uma das duas integrantes do movimento punk feminista Pussy Riot, Nadezhda Tolokonnikova, foi hospitalizada.

AE, Agência Estado

01 de fevereiro de 2013 | 11h56

Segundo a porta-voz do Serviço Federal de Prisões, Kristina Belousova, a integrante do Pussy Riot - condenada a dois anos de prisão por um protesto contra o presidente Vladimir Putin na principal catedral de Moscou - foi deslocada para um hospital prisão na província de Mordovia, no oeste do país.

A porta-voz não quis informar a razão da internação de Tolokonnikova ou comentar sobre a condição da ativista russa, garantindo apenas que não é "nada sério". As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
RússiaPussy Riothospital

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.