Ativistas gays pretendem se reunir com Obama na Rússia

Ativistas dos direitos de lésbicas, gays, bissexuais e Transgêneros informaram que foram convidados para se encontrar com o presidente Barack Obama às margens da reunião do Grupo dos 20 (G-20), que acontece nesta semana na Rússia.

Agência Estado

03 de setembro de 2013 | 10h41

Obama e seu governo expressaram preocupação com uma lei, recentemente aprovada pelo Parlamento russo, que tem como alvo o que chamam de "propaganda homossexual".

Igor Kochetkov, da LGBT Network, disse à Associated Press nesta terça-feira que sua organização foi convidada a se encontrar com Obama em São Petersburgo na quinta-feira e que ele participará da reunião.

O grupo de defesa Coming Out, sediado em São Petersburgo, também foi convidado, mas ainda não decidiu se irá comparecer.

A Casa Branca não fez comentários sobre a reunião, mas Obama frequentemente se reúne com grupos da sociedade civil quando viaja para o exterior. Fonte: Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
RússiaObamagaysG-20

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.