Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90
John Moore/Getty Images/AFP
John Moore/Getty Images/AFP

Ativistas negros e da Ku Klux Klan fazem manifestações na Carolina do Sul

Centenas de pessoas participaram de atos a favor e contra a remoção da bandeira dos Estados Confederados em frente da Assembleia Legislativa

Estadão Conteúdo

18 de julho de 2015 | 18h53

Centenas de pessoas participaram de manifestações na frente da Assembleia Legislativa da Carolina do Sul durante dois protestos liderados por dois grupos de fora do estado, um contra a bandeira dos Estados Confederados - símbolo da Guerra Civil norte-americana - e outro a favor.

O grupo Educadores Negros pela Justiça, de Jacksonville, na Flórida, fez um protesto neste sábado no lado norte da Assembleia, local aonde ficava a bandeira dos Estados Confederados, removida neste mês. Mais tarde o grupo dos Cavaleiros Brancos Leais, da Ku Klux Klan da Carolina do Norte, fizeram uma manifestação no lado oposto, protestando contra a remoção da bandeira.

Diversas pessoas carregavam a bandeira dos Estados Confederados ao lado dos protestos dos Educadores Negros pela Justiça. Cerca de 40 membros da Ku Klux Klan marcharam erguendo a bandeira e foram vaiados.

Dois homens se envolveram em uma briga, mas logo foram separados pela polícia.

Informações da Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.