Ativistas protestam em catedral no centro de Londres

Diversos manifestantes que apoiam o movimento Ocupe Londres, contrário às corporações, subiram ao púlpito da Catedral de São Paulo, durante missa, neste domingo, em uma ação para marcar o aniversário do protesto que ocupou o local antes de os manifestantes serem desalojados em fevereiro.

AE, Agência Estado

14 de outubro de 2012 | 19h00

Os manifestantes contra os excessos capitalistas e a desigualdade social mudaram os locais de manifestação depois que foram impedidos de fazer demonstrações perto da Bolsa de Valores de Londres.

O movimento é inspirado no Ocupe Wall Street. Um comunicado lido pelos manifestantes e postado na internet acusa as autoridades da catedral de negligenciar suas obrigações cristãs por ficar ao lado dos ricos e poderosos. "Na luta por justiça econômica, Jesus jogou os mercadores fora do templo, mas você os convida para dentro em vez de expulsá-los", dizia o comunicado.

A catedral divulgou um comunicado dizendo que discorda "da forma pela qual alguns dos manifestantes continuam encaminhando a agenda (do grupo) ou o conflito com a Catedral de São Paulo, em vez de conversar conosco sobre como, juntos, podemos alcançar melhores reformas, o que muitas pessoas, incluindo (o movimento) Ocupe, estão buscando". As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
movimento ocupeLondres

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.