Ativistas russos estão acampados no centro de Moscou

Cerca de 200 ativistas estão acampados em uma praça no centro de Moscou nesta sexta-feira para protestar contra a posse de Vladimir Putin e a detenção de dois líderes opositores. Putin foi presidente russo entre 2000 e 2008 e na segunda-feira desta semana tomou posse para um terceiro mandato de seis anos, até 2018. A oposição acusou fraudes na eleição do final do ano passado.

AE, Agência Estado

11 de maio de 2012 | 16h16

Os protestos irromperam em Moscou no domingo passado e mais de 400 pessoas foram detidas após os manifestantes terem entrado em choque com a polícia no domingo e na segunda-feira. Dois líderes opositores, Alexei Navalny e Sergei Udaltsov, foram detidos na quarta-feira por desobedecerem a ordens da polícia. Os manifestantes prometeram ficar nas ruas até que os dois sejam libertados. A quinta-feira marcou o primeiro dia em que a polícia russa não se movimentou para dispersar ou deter os manifestantes.

As informações são da Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.