Ativistas tentam invadir promotoria no leste da Ucrânia

Manifestantes pró-Rússia tentaram invadir o escritório do promotor de Donetsk, uma das principais cidades do leste ucraniano. A polícia usou bombas de efeito moral para conter o avanço dos ativistas, que chegaram a arrancar os escudos dos militares.

AE, Agência Estado

01 Maio 2014 | 12h57

O conflito sucedeu uma marcha realizada nesta quinta-feira por centenas de pessoas que carregavam bandeiras da República Popular de Donetsk, movimento que busca maior autonomia para a região, ou independência e possível anexação pela Rússia.

Donetsk é a cidade central de apoio ao ex-presidente ucraniano Viktor Yanukovychi, mais próximo à Rússia, que foi deposto em fevereiro depois de meses de protestos na capital Kiev. Oposicionistas do novo presidente tomaram postos do governo em cerca de dez cidades e vilas no leste da Ucrânia. Fonte: Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
Ucrânia Crise

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.