Atlanta começa a se recuperar de rara nevasca

A neve e o gelo deram uma trégua e a cidade de Atlanta começava hoje a se recuperar de uma rara tempestade de inverno no sul dos Estados Unidos. O trânsito voltou a fluir, mas autoridades locais observaram que isso não significa que já é seguro trafegar pela maior cidade do sul dos EUA, especialmente à noite.

AE, Agência Estado

30 de janeiro de 2014 | 13h21

Funcionários do Departamento de Transportes do Estado norte-americano da Geórgia manifestaram preocupação com as temperaturas congelantes da noite de ontem, o que pode ter originado capas de gelo escuro sobre as ruas, dando uma falsa impressão de segurança.

A tempestade resultou na precipitação de alguns poucos centímetros de neve, mas foi suficiente para provocar uma situação caótica em grande parte do sul dos EUA, pouco habituado a esse tipo de fenômeno.

Estradas foram fechadas, voos foram cancelados e mais de dez pessoas morreram em diversos acidentes rodoviários e em um incêndio. A polícia rodoviária da Geórgia registrou um total de 1.460 acidentes de trânsito entre a terça e quarta-feira.

Atlanta, a maior cidade da região, abriga diversas empresas multinacionais e o aeroporto mais movimentado do mundo. A tempestade expôs como mesmo uma grande cidade do sul dos EUA acaba sendo afetada duramente por um fenômeno que no norte dos EUA causaria pouco mais do que alguns inconvenientes. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAclima

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.