Ato contra Putin rende multa de até US$ 50 mil

A Rússia aprovou ontem em primeira instância a aplicação de multas 200 vezes maiores para os que organizarem ou participarem de protestos não autorizados contra o presidente Vladimir Putin. Organizadores podem pagar até US$ 50 mil, e os participantes, US$ 33 mil.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.