Ato no Capitólio marca dez anos de Columbine

Cerca de 50 pessoas reuniram-se nesta tarde diante do Capitólio do Estado do Colorado, em Denver, durante um ato em favor de mais controle sobre a venda de armas. Hoje é comemorado o décimo aniversário do massacre na Escola Secundária Columbine, no qual dois estudantes armados mataram 13 pessoas antes de se suicidarem. Pessoas representando as vítimas dos estudantes Eric Harris e Dylan Klebold deitaram-se num jardim diante do Capitólio com faixas nas cores da escola em torno do pescoço. Tom Mauser, pai de Daniel Mauser, uma das vítimas do massacre, estava presente. "Os espíritos (das vítimas) sobrevivem", disse. "Eles também não mataram os nossos espíritos", prosseguiu.

AE-AP, Agencia Estado

20 de abril de 2009 | 18h18

Na manhã de 20 de abril de 1999, Harris e Klebold atacaram a escola com armas e bombas de fabricação caseira, matando 13 pessoas. Uma bomba mais poderosa com a qual pretendiam explodir a lanchonete da escola não chegou a explodir. Os dois estudantes suicidaram-se depois do massacre.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAColumbineaniversário

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.