Atriz Lindsay Lohan sai de prisão após pagar fiança

A atriz norte-americana Lindsay Lohan foi solta de uma prisão no subúrbio de Los Angeles, EUA, na noite de ontem, para onde havia sido levada depois que um juiz determinou que ela ficasse detida por quase um mês por causa de um teste que detectou uso de drogas. Lindsay foi liberada após pagar fiança de US$ 300 mil, segundo Steve Whitmore, porta-voz do Departamento de Polícia de Los Angeles.

AE-AP, Agência Estado

25 de setembro de 2010 | 15h15

O juiz do Tribunal Superior de Los Angeles, Elden Fox, ordenou que Lindsay fosse presa após uma breve audiência na manhã de sexta-feira, mas a ordem foi revertida após o advogado da atriz, Shawn Chapman Holley, apelar da decisão. No entanto, Lindsay não está completamente livre. Ela terá de usar uma tornozeleira que monitora o consumo de álcool e deverá ficar longe de estabelecimentos que vendam bebidas alcoólicas.

Além disso, a atriz terá de voltar ao tribunal em 22 de outubro, quando um juiz decidirá qual será a punição pelo fracasso no teste que verificou uso de drogas pouco mais de duas semanas após ela sair de uma clínica de reabilitação.

Essa foi a terceira vez que Lindsay foi detida em três anos, desde que ela foi pega dirigindo após consumir drogas e álcool. A atriz passou 84 minutos na prisão em 2007 e 14 dias, de uma pena total de três meses, neste ano.

Tudo o que sabemos sobre:
EUALindsay Lohanfiança

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.