AFP PHOTO / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / JOE RAEDLE
AFP PHOTO / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / JOE RAEDLE

Atriz pornô que diz ter tido affair com Trump quer devolver dinheiro que ganhou para se calar

Stormy Daniels propõe devolver os US$ 130 mil que recebeu ao assinar acordo de confidencialidade, para poder falar sobre o caso abertamente

O Estado de S.Paulo

12 Março 2018 | 16h38

NOVA YORK - Stormy Daniels, a atriz de filmes pornográficos que afirma ter tido um affair com o presidente americano, Donald Trump, ofereceu de volta os US$ 130 mil que recebeu do advogado pessoal do magnata em 2016, ao assinar um acordo em que concordou em não falar sobre o relacionamento.

Em troca, a estrela pornô - cujo nome real é Stephanie Clifford - busca acabar com a validade do pacto para ficar quieta a respeito do caso amoroso que ela diz que teve com Trump, que, segundo ela, começou em 2006 e durou vários meses.

+ Advogado de Trump diz que pagou US$ 130 mil de seu próprio dinheiro à atriz pornô

Em uma carta mandada para o advogado do presidente, Michael Cohen, o advogado de Stormy, Michael Avenatti, escreveu que sua cliente mandaria a quantia para a conta de preferência de Trump até a sexta-feira.

Avenatti estabeleceu um prazo até o meio-dia da terça-feira para Cohen responder se o magnata aceita a proposta.

Segundo os termos estabelecidos pelo advogado de Stormy na carta, da qual o New York Times obteve uma cópia, o documento que determina o silêncio da atriz seria "considerado nulo e vazio" uma vez que ela devolva o dinheiro que recebeu. 

Na quarta-feira, Stormy acionou a Justiça de Los Angeles, com uma ação alegando que o acordo de confidencialidade com Trump não tem validade porque não foi assinado pelo presidente. / NYT  

Mais conteúdo sobre:
Donald Trump Stephanie Clifford

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.