Atriz que representou 'Emmanuelle' morre aos 60

A atriz holandesa Sylvia Kristel, estrela do filme erótico "Emmanuelle", de 1974, faleceu na Holanda aos 60 anos, informou nesta quinta-feira a empresa detentora dos filmes da atriz. Kristel nasceu na cidade de Utrecht, na Holanda central, onde sua família tinha um hotel. No começo da década de 1970, o namorado da atriz, o belga Hugo Claus, a persuadiu a fazer o papel de "Emmanuelle", filme erótico dirigido pelo francês Just Jaeckin. O filme mostra as aventuras sexuais de um homem e sua jovem esposa, Emmanuelle, na Tailândia. O filme foi visto por 350 milhões de pessoas ao redor do mundo e virou um clássico da liberdade sexual nos anos 1970.

AE, Agência Estado

18 de outubro de 2012 | 17h17

Kristel lembrou em 2005, em entrevista ao jornal holandês De Volkskrant, que foi persuadida por Claus a fazer o papel. "Ele disse, vamos para a Tailândia, nunca estivemos lá e o filme não será exibido na Holanda. A tua mãe nunca ficará com vergonha", disse Kristel. "No final, o filme foi visto por 350 milhões de pessoas no mundo inteiro", disse a atriz. Após o sucesso de "Emmanuelle", Kristel se mudou para Los Angeles, onde gravou nos EUA várias sequências de "Emmanuelle". A atriz, contudo, se envolveu com drogas pesadas e começou a beber bastante. Mais tarde, largou as drogas e foi viver em Amsterdã, onde virou artista plástica. Kristel lutava contra o câncer há dez anos, doença que provocou sua morte. A atriz deixou um filho, Arthur Kristel, que teve com o ator Hugo Claus.

As informações são da Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.