Atual epidemia de dengue pode afetar a economia da Malásia

País registrou nas primeiras três semanas de 2009 um total de 4.221 infecções, com 12 falecimentos

EFE

25 de janeiro de 2009 | 04h18

A atual epidemia de dengue na Malásia, com mais de 4.000 contágios e 12 mortes neste ano, ameaça afetar seriamente a economia do país, advertiu neste domingo o ministro da Saúde, Liow Tong Lai. "O aumento de casos é muito preocupante. Pode afetar a produtividade, o setor do turismo e, em última instância a economia", disse Liow, segundo a agência oficial Bernama. A Malásia registrou nas primeiras três semanas de 2009 um total de 4.221 infecções, dos quais doze resultaram no falecimento da vítima. Além disso, o Ministério constatou novos sintomas em alguns dos casos mais severos, como encefalite, ataques epilépticos ou hepatite, entre outros, por isso que pediu aos hospitais para realizar o teste de dengue em quem apresentar estas patologias. As autoridades atribuem o auge da doença às fortes chuvas do final de 2008, que deixaram em zonas residenciais abandonadas milhares de poços de água e atoleiros propícios para o mosquito que transmite o vírus.

Tudo o que sabemos sobre:
MALÁSIADENGUE

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.