Atual premiê de Israel lamenta morte de Ariel Sharon

O atual primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, lamentou a morte do ex-premiê Ariel Sharon. Para Netanyahu, o ex-líder israelense foi um dos maiores comandantes militares do país. "Sua memória será salva para sempre no coração da nação", declarou, segundo imprensa local.

Agência Estado

11 de janeiro de 2014 | 13h56

Os israelenses entraram em período de luto neste sábado, após a morte de Sharon. O ex-premiê morreu aos 85 anos, após oito anos em coma. Fonte: Dow Jones

Tudo o que sabemos sobre:
Ariel SharonmorteIsrael

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.