Audiência é adiada por ausência de Berlusconi

O Tribunal de Justiça de Milão decidiu ontem adiar para 19 de setembro a audiência do premiê Silvio Berlusconi no caso em que ele é julgado por corrupção. Berlusconi faltou à audiência porque estava reunido com o presidente Giorgio Napolitano discutindo um plano para reduzir a dívida pública italiana. Em outro processo, o caso Ruby, a Justiça rejeitou um recurso da defesa que pedia anulação das provas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.