Auditoria acha bolinho 'superfaturado' nos EUA

Uma auditoria realizada nas contas do Departamento de Justiça dos Estados Unidos encontrou bolinhos servidos em reuniões que custaram US$ 16 cada. As compras avaliadas foram feitas entre 2007 e 2009, durante a presidência de George W. Bush.

O Estado de S.Paulo

21 Setembro 2011 | 03h06

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.