Aumenta número de mortes por ebola no Congo

Autoridades de saúde aumentaram hoje para 18 o número de mortes pelo ebola no nordeste da República do Congo, e afirmaram que fora ordenada a imposição de uma quarentena na vila mais atingida pelo surto - Mbanza. De acordo com o Ministério da Saúde, 164 pessoas que supostamente entraram em contato com as vítimas estão sendo rastreadas. O surto foi confirmado pelo governo congolês à Organização Mundial da Saúde na última sexta-feira, quando foram registradas as mortes de 11 pessoas. Segundo autoridades, a epidemia começou quando quatro jovens caçadores comeram a carne de um javali encontrado morto na floresta.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.