Aumenta população árabe dos Estados Unidos

A população árabe dos Estados Unidos praticamente duplicou nas últimas duas décadas, segundo um estudo do Censo americano, o primeiro a distinguir especificamente esse grupo étnico. De acordo com os dados oficiais, cerca de 1,2 milhão de árabes viviam nos EUA no ano de 2000, contra 860.000 em 1990 e 610.000 em 1980. Do total, 60% citaram antepassados de três países: Líbano, Síria e Egito.A informação do Censo vai até 2000. Portanto, não fornece estatísticas que avaliem o impacto dos ataques terroristas de 11 de setembro. Os requisitos de imigração impostos depois desta data reduziram bastante o fluxo de árabes aos EUA.Segundo especialistas, enquanto que os primeiros imigrantes árabes procederam de países com grandes populações cristãs, os que chegaram mais recentemente vêm de nações majoritariamente muçulmanas, como Iraque e Iêmen. Ainda segundo os dados do Censo, quase a metade dos árabes que habitam os EUA vive em cinco Estados: Califórnia (190.890), Nova York (120.370), Michigan (115.284), Flórida (77.461) e New Jersey (71.770).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.