Aumenta prazo para desnuclearização da Coréia do Norte

O prazo para que a Coréia do Norte inicie o processo de desnuclearização ganhará mais alguns dias, segundo informou nesta terça-feira, 17, o Ministério de Relações Exteriores sul-coreano.O chefe da diplomacia sul-coreano, Song Min-soon, e a secretária de Estado americana, Condoleezza Rice, conversaram por telefone nesta terça-feira e concordaram em dar mais alguns dias de prazo, já que a Coréia do Norte reafirmou a sua vontade de aplicar o compromisso de desnuclearização.Segundo um comunicado ministerial, Song e Rice ressaltaram a necessidade de continuar trabalhando com os outros países envolvidos nas conversas de seis lados (China, Japão e Rússia, além da própria Coréia do Norte).Um diretor do Ministério de Relações Exteriores sul-coreano citado pela agência Yonhap informou que até agora a Coréia do Norte não adotou medidas visíveis para suspender o funcionamento do seu reator nuclear de Yongbyon e convidar os inspetores internacionais. As medidas foram prometidas no acordo assinado em Pequim, em 13 de fevereiro.O prazo de 60 dias marcado no acordo venceu no sábado, 14, sem que a Coréia do Norte iniciasse o processo de desnuclearização, devido ao problema dos fundos que o país depositou num banco de Macau que ainda não foram desbloqueados por "problemas técnicos".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.